A importância do bom humor na Gestão de Redes Sociais

Muitas pessoas veem as grandes marcas produzindo conteúdo de qualidade na internet e elas são levadas a crer que isso acontece de maneira espontânea. De fato, existe um tom de espontaneidade na forma como o marketing é feito, mas, não se engane. O que muitas empresas usam, na verdade, é estratégia. O bom humor na gestão de redes sociais, é usado, em muitos casos, como forma de engajar mais!

A forma como um conteúdo é divulgado, a linguagem usada para alcançar um público, a mídia em que determinada peça é veiculada, é tudo calculado. Dentre essas estratégias, uma tendência muito crescente no marketing digital é a utilização de conteúdos com uma pegada de bom humor na gestão de redes sociais.

 

 

Baixe nosso e-book, clicando na imagem abaixo!

 

 

Esse fenômeno tem acontecido, principalmente, por causa do público de redes sociais. Muitas vezes, o tipo de conteúdo que as pessoas querem quando estão no Facebook, Twitter ou Instagram, é algo que as divirta ou que as informe.

Assim sendo, quando uma marca se propõe e estar nesses ambientes, é importante que ela dê ao seu público o que ele está buscando naquela rede social.

Comerciais cômicos sempre fizeram sucesso, e não demorou muito para que ele adentrasse nos ambientes virtuais. Era uma questão de tempo até que as pessoas pudessem ver grandes marcas postando piadinhas, vídeos com sketches e até mesmo os adorados memes da internet.

 

Por que o humor funciona no marketing digital e na gestão de redes sociais?

Conteúdos criativamente engraçados não funcionam melhor nas redes sociais apenas porque eles se adequam às preferências do público. Existem outras razões específicas estudadas por vários profissionais de marketing que mostram o porquê de tanta eficácia.

O primeiro desses fatores de efetividade é a questão da curiosidade. O ser humano é naturalmente curioso. Assim, atiçar a curiosidade de uma pessoa durante uma campanha através do humor é certeza de prender a atenção. A ideia aqui é similar ao motivo pelo qual os Simpsons são amarelos.

 

Por que o bom humor chama a atenção?

 

O criador dos personagens, Matt Groening, havia pensado nos personagens terem cores normais. Mas chegou à conclusão de que, se eles fossem amarelos, a pessoa que estivesse passando de canais rapidamente teria a atenção presa, voltando ao canal e assistindo o desenho. Não é preciso dizerr que a estratégia deu certo.

No caso do bom humor na gestão de redes sociais, a ideia é a mesma. Nossas timelines estão lotadas de informação. Vídeos, imagens e textos! No meio de tanta coisa, é preciso que algo prenda nossa atenção. Geralmente, o conteúdo de humor é capaz de fazer isso com maestria.

 

bom humor na gestão de redes sociais

 

Outro motivo para esse tipo de estratégia ser tão usada, é que ela gera reconhecimento. Tal qual um jingle grudento, o humor fica em nossas memórias com muito mais facilidade do que um simples anúncio direto e objetivo. Assim sendo, o conteúdo com humor tem maior possibilidade de ser comentado e compartilhado, principal objetivo do marketing nas redes sociais.

 

Leia também: Planejamento de marketing no Facebook, como criar o seu?

 

Em tempos em que praticamente tudo pode ser comercializado, faz bem à imagem das marcas que elas pareçam mais humanas. Pode parecer um contrassenso, mas o maior objetivo do marketing digital é não parecer que existe algo à venda ou sendo anunciado. Ao menos não em primeiro plano. Esse conteúdo humanizado não apenas chama atenção, mas pavimenta um caminho de relacionamento.

Por fim, como muitos profissionais renomados de publicidade e propaganda dizem, “é preciso mexer com o emocional”, e não há nada mais emocional do que o humor. Assim sendo, se a ideia é criar uma campanha que vai ficar na memória das pessoas, é melhor trabalhar com um norte bastante criativo.

Um case que vem chamando a atenção é o da Pony Veículos!

 

Como fazer um bom conteúdo com bom humor na gestão de redes sociais?

O humor nas redes sociais é muito efetivo nas estratégias de marketing, porém, exige mais criatividade e às vezes até uma operacionalidade diferenciada, ao produzir imagens, ou postagens de blogs. Assim sendo, por mais que seja recompensador, há um pouco mais de desafio em trabalhar com humor nas redes sociais. Mas existem algumas coisas que podem ser feitas para ajudar no processo de criação.

O primeiro passo fundamental para ter um bom marketing humorístico é conhecer o próprio público. Piadas relacionadas à livros vão funcionar melhor se divulgadas na fanpage de uma livraria, e não de uma loja de artigos esportivos. Por isso, use e abuse dos insights das redes sociais para você saber exatamente quem é o seu público.

 

Leia também: Campanhas patrocinadas no Facebook, como converter mais?

 

Outra técnica é estar por dentro do que está acontecendo. Quais são as notícias mais bizarras? Quais são os memes mais virais? Quais vídeos que não podem deixar de ser compartilhados naquele dia? O ritmo das coisas na internet é acelerado, portanto, se o profissional de social media deixar passar um dia, pode ser tarde demais e a mensagem torna-se absolutamente ineficaz.

Englobando as duas últimas dicas anteriores, fique atento, seja interativo. Jogue perguntas, crie jogos que possam ser feitos através dos comentários, etc. É importante criar um conteúdo que gere uma ação. Se a pessoa apenas olhar e não fizer nada, o post falhou. Por fim, uma dica para empresas mais estabelecidas é ter como garotos propagandas pessoas relacionadas ao humor, principalmente pessoas da internet (bloggers, vloggers, youtubers, etc.)

 

Cuidados com a abordagem! Não erre na dose…

Para encerrar o caso, vale fazer uma ressalva. Apesar do que muitas pessoas acreditam, o humor tem limites, e o que é engraçado para alguns pode não ser para outros. Por isso, é muito importante que sempre haja uma boa avaliação da mensagem que está se passando. Ela está de bom tom? Alguém pode sentir-se ofendido? Esse é o momento certo para fazer essa ou aquela piada?

Além disso, é fundamental pensar na persona! Será que ela se identificará com aquele tipo de humor? Será que isso chamará sua atenção?

Sem essas avaliações, um post que “dá errado” pode não apenas ser efetivo, como gerar um marketing negativo para a marca. Isso faz com que se percam muitos seguidores, mas, acima de tudo, a credibilidade.

 

Mas queremos saber a sua opinião? O que acha da utilização do bom humor na gestão de redes sociais?