Redes sociais para marcas: como começar a ter audiência?

Ao iniciar com as redes sociais para marcas, muitas empresas acabam se decepcionando com essa estratégias de Marketing Digital. Os seguidores não aparecem de um dia para o outro, as curtidas ficam em números baixos e o tráfego também. Isso tudo gera um desespero na empresa, que muitas vezes acaba investindo menos tempo nessa mídia.

Entretanto, é importante saber que os resultados das redes sociais não aparecem mesmo do nada. É fundamental que haja uma construção da interação com a audiência e isso é feito aos poucos. O papel da marca é não abandonar as estratégias e ir melhorando o conteúdo.

Por outro lado, existem técnicas que podem ser feitas para um aumento mais veloz do número de curtidas e seguidores. A maioria dessas estratégias são gratuitas, e não demandam investimento de tempo. Confira:

 

Ampliando a audiência nas redes sociais para marcas:

 

1 – Anúncios no Facebook ou Instagram

Os anúncios são de atrair mais público de forma segmentada. Eles irão aparecer na linha do tempo de pessoas que possuem o perfil de consumidor da marca. É uma estratégia paga. Mas, requer um baixo investimento para um grande retorno.

Para uma rede social nova, os anúncios são importantes para apresentar a nova página a outras pessoas e fazer uma divulgação mais intensiva. É importante que a empresa não aposte todas as fichas nos anúncios – porque o Facebook, por exemplo, possui uma política que passa a inibir o alcance do anúncio e do impulsionamento das postagens, quando a empresa se estrutura apenas nisso. Em outras palavras, é importante ter engajamento orgânico.

 

2 – Hasgtags

As hashtags funcionam como os buscadores de conteúdo das redes sociais. Ou seja, são formas da marca ser encontrada a partir da busca do usuário. Por isso, trabalhar com o uso das hashtags são formas de atender à expectativa do público e ser encontrado por ele, no exato momento em que ele está em busca daquele tipo de conteúdo.

As próprias redes sociais mostram as hashtags mais procuradas. No Twitter, por exemplo, há o Trend Topic. O Instagram também mostra o número de pesquisa por hashtags. Portanto, basta alguns minutos de pesquisa para saber quais são as melhores opções de tags para um público.

 

3 – Divulgação em grupos

Os grupos do Facebook  também são formas de divulgar uma página. A marca precisa encontrar os grupos que possuem relação com o nicho de atuação dela. É importante que essa divulgação ocorra de modo natural, por perfis pessoais de colaboradores, por exemplo. Além disso, é importante perceber quais são os grupos que permitem esse tipo de divulgação – alguns impõem regras para uma melhor experiência dos participantes.

 

4 – Sites e Blogs

Quando a empresa já tem uma audiência em sites e blogs, a divulgação das redes sociais para marcas podem ser feitas nesses espaços. Essa é uma forma de integrar as mídias. Sendo assim, peça para que a sua audiência curta as redes sociais, recebendo as atualizações do blog com mais facilidade.

 

5 – E-mail Marketing

Outra forma de divulgar as redes sociais é por meio da lista de e-mail marketing. Para isso, crie conteúdos interessantes que levam as pessoas do e-mail para o Facebook, por exemplo.

 

6 – Engajamento orgânico

O engajamento orgânico dentro das redes sociais é a melhor forma de atrair novos leads para a marca.  Para isso, é imprescindível que o conteúdo tenha qualidade, afinal, o engajamento orgânico irá vir por meio de compartilhamentos, curtidas e comentários.

 

Redes sociais para marcas

 

Redes sociais para marcas: conteúdo é o segredo!

O conteúdo das redes sociais para marcas é fundamental para construir audiência e gerar engajamento do público. É a partir dele que a empresa iniciará uma melhor interação com o público, criando laços e conexões. Veja algumas dicas para criar conteúdo de qualidade para o seu público:

 

80% pessoas, 20% produto

As redes sociais para marcas devem funcionar em uma regra de 8 para 2. Ou seja, apenas 20% do conteúdo devem ser destinados ao produto, às vendas e promoções. O restante deve falar sobre soluções para os problemas da sua audiência, como dicas, tutoriais, postagens do blog, entretenimento, interação, etc.

 

Humanização

A regra da porcentagem tem a ver com humanização. Esse é um passo importante para que as redes sociais para marcas se tornam mais atraentes. A humanização gera empatia e identificação. Além disso, é possível levar o público para dentro da redes sociais, contando as histórias deles.

 

Criatividade

A empresa que acredita que a única concorrência dentro das redes sociais é uma ou outra empresa do ramo está enganada. Atualmente, as redes sociais para marcas possuem muitos concorrentes: vídeos de gatinhos, fotos de batizados, álbuns do churrasco de domingo, grupos, blogs, celebridades…

Os usuários das redes sociais recebem centenas de publicações diariamente, e que estão disputando o mesmo espaço das publicações de uma marca. Por isso, a estratégia mais assertiva para chamar a atenção é a criatividade.

Posts originais fazem com que o público pare o deslizamento da linha do tempo e note o conteúdo com mais atenção. Sendo assim, as chances de obter compartilhamentos, comentários e curtidas aumentam.

 

Vídeos

Vídeos também sempre chamam a atenção do público das redes sociais. É uma forma de gerar conteúdo de forma mais dinâmica e ágil. Vale destacar que é importante que os vídeos sejam curtos. Afinal, vídeos longos podem acabar gerando tédio no espectador e, por consequência, o abandono.

 

Gerenciamento de redes sociais para marcas

Para se ter mais assertividade nas redes sociais para marcas é fundamental que exista um gerenciamento. Veja como fazer:

 

Pesquisa de público

O primeiro passo é entender qual é o comportamento do público na internet. Só com essas pesquisas (questionários) e observações a empresa deve começar um planejamento.

 

Planejamento

O planejamento deve servir para traçar metas, datas e cronograma de publicações. Ele servirá também para gerar mais organização na empresa, e integrar redes sociais às campanhas e promoções.

 

Acompanhamento

As redes sociais acontecem em tempo real. Isso significa que é preciso um acompanhamento diário para analisar resultados. O acompanhamento também deve focar em publicações periódicas e respostas a comentários.

 

Mensuração

Outro ponto fundamental do gerenciamento de redes sociais para marcas é a mensuração de resultados. Ou seja, a análise em números do retorno de engajamento e tráfego em um site. A mensuração servirá para gerar melhorias ao longo das publicações.

 

Terceirização de redes sociais para marcas

Uma das maneiras de se trabalhar com redes sociais para marcas sem precisar investir em novos funcionários e equipes é por meio da terceirização. Essa também é uma vantagem para pequenas e médias empresas, que possuem menos tempo e verba para investir no Marketing de Conteúdo.

A terceirização do gerenciamento de redes sociais para marcas é importante porque busca a qualidade profissional das publicações, com preços reduzidos. Sendo assim, é uma forma da empresa se despreocupar com o serviço, usufruindo dos resultados positivos.

A terceirização de conteúdos para redes sociais é um serviço cada vez mais buscados pelas empresas. A demanda exigida pelas mídias sociais é enorme e, por isso, é fundamental contar com uma equipe preparada gerar conteúdos assertivos e proporcionar mais engajamento.

 

Como terceirizar?

A empresa deve buscar uma agência de conteúdo que também possui foco nas redes sociais. A Leads Marketing de Conteúdo pode te ajudar!

Confira aqui mais sobre o nosso serviço de gestão de redes sociais!

Ou fale com um de nossos consultores!  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *