Link Building, qual a sua importância para o SEO?

Você certamente já ouviu falar em técnicas de SEO (Search Engine Optimization – otimização para mecanismos de buscas). Certo? Mas, você já ouviu falar em Link Building?

A otimização em SEO significa que um site está com maior encontrabilidade em sites de pesquisa, como o Google. Isso significa que ele será encontrado com maior facilidade, ou seja, terá mais relevância e notoriedade entre os resultados da busca. Com isso, o tráfego em uma página aumenta, ou seja, o número de visitante, podendo alavancar as vendas de um produto ou serviço.

Há várias estratégias para alcançar esse resultado desejado. As mais conhecidas por empresas que atuam como agência de produção de conteúdo são os links patrocinados (os anúncios no Google) e o uso de palavras-chave, termos mais pesquisados na internet que são usados nos artigos e conteúdos do site. Mas, há estratégias menos conhecidas por qualquer agência de conteúdo, como o Link Building. E o uso dela é determinante para a notoriedade de um site e o melhor posicionamento dele.

 

 

 

Definição de Link Building

 

Link Building é uma estratégia, usada por agência de conteúdo, que consiste em conseguir que links de outros sites encaminhem os internautas para o seu site. Esses links são chamados de backlinks, e podem fazer esse “trabalho” de forma natural ou não.

Ok… Vamos com calma!

Para entender o conceito de Link Building, você precisa compreender como os mecanismos de buscas sugerem um site para o usuário. Entre os inúmeros critérios, os links fazem parte de um dos fatores mais importantes nesses mecanismos de buscas. Há mais de dez anos, eles eram o único motivo para um site estar bem posicionado. Acredita? Ainda hoje, esse critério continua em alta. Por isso, vale o investimento.

 

link building

 

Os sites de pesquisas enxergam os links como votos de popularidade. Funciona mais ou menos assim: se um site possui muitos links, ele é mais popular e, por isso, ganhará mais notoriedade na internet. Para ficar mais claro: imagine que você quer comprar uma bicicleta e muitas pessoas dizem que a marca A é boa. Você certamente estará mais propenso para comprar a marca A, ela tem mais “votos”, mais indicações.

O Google leva em consideração essas “indicações”, que para ele significa que o site tem maior relevância. Sites com mais votos são considerados mais confiáveis. Dessa maneira, no ranking de resultados, o site aparecerá com maior notoriedade e isso irá aumentar o tráfego de uma página. Afinal, quem clica nos sites que aparecem na vigésima e terceira página de resultados do Google? E se os links colaboram para o bom posicionamento no Google, a falta deles prejudica esse objetivo também!

 

Cada link é um link (qualidade é fundamental!)

 

Você já ouviu aquela história que quantidade não é qualidade. Não é mesmo? Quando se fala de link building a quantidade é muito importante, mas é preciso levar em consideração também a qualidade dos links.

O Google dá pesos diferentes aos links. E sim, há links que podem atrapalhar o desempenho da sua página, derrubando-a no ranking. Por isso, tome cuidado e confira as dicas deste texto!

Antigamente, na mesma época em que os links eram critérios exclusivos para os mecanismos de buscas, o próprio Google ainda não tinha tecnologia suficiente para categorizar a qualidade de um link. Portanto, na época, a regra que predominava era: quanto mais, melhor! E, com isso, houve o desenvolvimento de ferramentas que fabricavam links sem parar – milhares deles por dia – usando texto âncora corretamente.

 

Leia também: Tráfego orgânico como fazer seu site receber mais visitantes?

 

Com a evolução tecnológica, naturalmente a galera do Google aprendeu a lidar com isso. E o mecanismo passou a reconhecer e atribuir valores aos links. Isso fez com que a quantidade exagerada se tornasse menos importante. Mas, mesmo assim, os links continuam essencial para a otimização em SEO.

Contudo, atualmente, os links devem ter qualidade, ou seja, um perfil positivo de acordo com os critérios do Google. A variedade de links também é um critério importante nesse processo. Além de usar a palavra-chave no texto âncora.

Portanto, há dois pontos fundamentais para pensar quando o assunto é o uso da estratégia de backlinks: quantidade e qualidade (Note que há um “e” entre as palavras, e não um “versus”. Porque esses dois critérios devem andar juntos. Sempre).

  • Quantidade (com qualidade)

Nesse ponto vale entender que a quantidade não significa apenas números, mas sim variedade. Por exemplo, 100 sites de um único tipo de site apontando para o seu site valem menos que 100 sites de sites diversificados. Perceba, portanto, que é necessário ter certa qualidade na quantidade, e isso significa diversificação. A quantidade de links também não pode ser de um único domínio.

  • Qualidade (em quantidade)

O critério usado pelo Google para avaliar a qualidade de um link é o texto âncora. Afinal, ele mostra para o mecanismo do Google sobre o que é o link. É importante que a palavra-chave esteja nesse texto âncora. Tudo deve ser natural para o Google. Por exemplo, ter muitos links com o mesmo texto âncora não parece natural para o Google, e por isso seu site pode ter punição.

Outro critério de qualidade para um link, segundo o Google, é a autoridade do link. Isso significa a métrica dele, a relevância do site. Por isso, é importante trabalhar com os sites mais populares de cada nicho para a otimização SEO.

 

Qualidade de uma página (page rank)

Ainda há outros elementos que garantem a qualidade de uma página para o Google. Confira a lista abaixo:

  • Quantidade de links que encaminham para fora da página

Sites que já possuem muitos links que encaminham o usuário para fora do site perdem qualidade. Sabe por que? A força do site será distribuída entre os links, ou seja, quanto mais link ele tiver, menos força vai passar para o seu site.

 

  • Qualidade dos sites que estão links na página com seu link

Se a página que você estiver trabalhando com Link Building tiver sites ruins linkados, como aqueles com conteúdos pornográficos, ela perderá valor. Por isso, é bom prestar atenção nos outros links de uma página.

 

 

link building 2

 

  • Quantidade de links que encaminham para a página

Uma página com muitos links encaminhando para ela tem mais valor. Logo, não há segredos na matemática: ela passará mais valor para os links que estão nela.

  • Quantidade de links que encaminham para o domínio

Se as páginas possuem um valor, os domínio também tem. Logo, a regra anterior também se aplica aos domínios. Para conseguir mais valor a regra é: consiga mais links externos de sites que possuem diversos links no domínio.

 

  • Domínios antigos valem mais

Poucos profissionais e empresas que atuam como agência de conteúdo conhecem essa regra. Mas domínios, para o Google, possuem mais autoridade. Logo, a força emprestada para o seu site será maior.

 

  • Indexação da página

A indexação de uma página é fundamental para o uso da estratégia Link Building. Se o Google não conseguir encontrar uma página, o que adianta trabalhar com ela? Por isso, fique longe de sites em Flash, iFrames, entre outros.

 

Qualidade de um link

Links bons são fundamentais para a otimização em SEO, afinal é a maneira pela qual os sites se interagem entre si. Outros elementos conferem qualidade a um link. Confira a lista abaixo:

 

Leia também: Funil de vendas no marketing de conteúdo, entenda como ele funciona!

 

  • O texto âncora utlizado no link e o contexto do link

É a partir do texto âncora que o Google identifica o assunto de um site. Portanto, um link de contexto educacional, por exemplo, com muita relevância dará mais força para sites com o mesmo assunto.

 

  • O link tem que ser dofollow

Dofollow é um gíria para antagonizar o termo nofollow. Se o termo nofollow estiver no link ele não serve para a estratégia link building, não gerará otimização em SEO. (O termo está na estrutura do link)

 

Guest Post é uma boa estratégia de link building?

Guest Post é fazer uma postagem como “convidado” em outro site. A prática é muito usada como otimização em SEO por muitas empresas que trabalham como agência de produção de conteúdo. Para que a estratégia de guest post não se torne um spam, é preciso ter foco.

 

Baixe nosso e-book gratuitamente!

 

Primeiro, o profissional ou a agência de conteúdo deverá selecionar sites de qualidade e iniciar um relacionamento com eles, aos poucos. Para isso, use os comentários do blog e as redes sociais como aliados. A interação com o site e o público dele é fundamental para a estratégia de guest post.

Naturalmente, com o tempo, o guest post irá acontecer. Ofereça um único post para estreitar o relacionamento. Escreva um conteúdo de qualidade, exclusivo e insira, de forma natural, os links nele. Continue o contato com o site, e tente usar ainda mais o guest post. Lembre-se: oferecer dinheiro para isso é contra as regras do Google. Tome cuidado!

 

Mais algumas dicas:

  • Não use links em imagem (não são reconhecidas pelo Google)
  • Tome cuidado com o link em volta do texto. Especialistas acreditam que ele influencia a qualidade do link
  • Posicionamento do link: Evite colocar links no rodapé, por exemplo. Aqueles que aparecem no meio do conteúdo são mais clicados. Anote essa dica!

 

Quer ajuda na sua estratégia de conteúdo? Deixe que a Leads te oferece tudo o que você precisa!

 

Entre em contato conosco!

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Seu Telefone

    Descrição do pedido