Criação de e-book: 5 passos para ter sucesso!

Em nossos artigos, já pontuamos muitas maneiras de prender a atenção e gerar conteúdo relevante para os consumidores que estão online. Neste, iremos abordar assuntos relacionados a criação de e-book vem a ser uma maneira inteligente de se aprofundar em um assunto, oferecendo recompensas e informações valiosas ao seu target. Esta é uma das possibilidades mais interessantes de produção de conteúdo para sua marca.

 

O que são e-books?

 

São nada mais que uma revolução na história dos livros! Traduzindo a palavra e-book, temos o termo “livro eletrônico”. Sendo assim, um e-book possui o a mesma função da versão impressa, que é a de levar histórias, informações e conhecimento em geral, por meio de suas páginas.

Vale comentar que, quando surgiram, os e-books foram duramente criticados por extremistas e conservadores da área de literatura, pois o viram como uma ameaça ao livro de formato tradicional.

Hoje, pode-se dizem que ambos coexistem e tem funções diferentes. Enquanto os livros impressos seguem tendo valor histórico e sendo utilizados, e mesmo ganhando a preferência de determinados públicos, o e-book oferece praticidade, rapidez e não ocupa espaço físico. Ainda assim, nada impede que uma pessoa habituada a ler livros tradicionais, imprima um e-book que seja de seu interesse.

 

capa

 

É possível ter vários e-books salvos em HDs, pen drives, na nuvem ou qualquer outra memória virtual. Há ainda plataformas que se dedicam exclusivamente a disponibilizá-los para leitura ou download.

Um e-book também dispensa burocracias exigidas por grandes editoras, e podem ser escritos por qualquer profissional, e não necessariamente por escritores.

Além disso, um e-book possui a vantagem de poder ser produzido e comercializado por valores muito mais acessíveis, já que o seu processo de criação exige somente o investimento de tempo e conhecimento, dispensando gastos com papel e impressão.

Alguns empreendedores utilizam os e-books para ter um fonte de renda. Já outros, optam por disponibilizá-los gratuitamente, quando essa possibilidade se mostra viável economicamente.

Em que um e-book difere de outros conteúdos que podem ser oferecidos em um site?

 

Enquanto em um artigo, por exemplo, deve-se buscar ser sucinto, resumindo as informações acerca de um assunto, a criação de e-book possibilita ir muito mais além.

Já que ele possui a mesma função de um livro, dentro um e-book há opção de organizar informações específicas e detalhadas sobre um produto ou serviço, maneiras de utilizá-los ou qualquer outra pauta relacionadas a ele.

Construir e disponibilizar um e-book também é uma maneira inteligente de criar recompensa digital para os seus possíveis clientes.

 

criação de e-book

 

Como assim criar recompensa digital?

 

Criar recompensa digital é quando sua marca oferece algo de valor para o seu público-alvo.

Funciona como moeda de troca ou mesmo um presente, dado àqueles que ainda não são seus clientes. É muito utilizada por empreendedores que querem atrair pessoas por meio do marketing digital.

Você já deve ter feito o download de algum material em um determinado site que pediu informações básicas suas como nome e e-mail para contato, certo? Esse é um exemplo clássico utilizados por empresas que sabem criar recompensa digital.

Enquanto os possíveis clientes tem o benefício de ter acesso a um material exclusivo e original criado por uma marca, como no casos dos e-books, a empresa consegue ter acesso às suas informações, por meio de cadastros, aumentando assim a sua base de contatos.

 

Se a criação de e-book é semelhante a criação de um livro, será que minha empresa dispõe de conteúdo suficiente para gerar um?

 

Não tenha dúvidas disso! Um e-book não precisa ser denso, e sim relevante.

Qualquer empresa possui histórias e pessoas com conhecimento acumulado que podem resultar na criação de e-books, em especial as marcas que já possuem alguma afinidade com marketing digital.

Por exemplo, se você já possui um blog com artigos e demais conteúdos de interesse e sucesso entre o seu público-alvo, é possível que juntando alguns deles, o seu e-books já esteja pré-montado.

O importante é relacioná-los de maneira lógica, que chamem a atenção de possíveis novos clientes, acrescentando outras informações que sejam exclusivas dentro do seu e-book.

 

5 passos que irão para a criação de e-book de sucesso

 

A criação de e-book envolve macetes e técnicas especiais, que irão garantir o seu sucesso na área. Confira abaixo:

 

1 – Defina um tema claro para o seu e-book:

Antes de começar a escrever um livro, um autor define qual será o tema, história ou então técnica abordada em sua obra. Com o e-book é a mesma coisa.

Defina sobre o que ele irá falar e escolha um assunto do qual você realmente domine. Isso é fundamental para transmitir credibilidade a quem for ler o seu e-book, principalmente no caso de decidir comercializá-lo.

Escolha exatamente para quem o seu e-book é dedicado. Faça um estudo de personas, se necessário. Saber para quem exatamente está escrevendo, ajuda a construir uma narrativa focada na linguagem e nas necessidades do seu público.

Lembre-se que não é necessário escrever inúmeras páginas. Há uma grande diferença entre se aprofundar-se em um tema e ficar apenas divagando à respeito dele. Um dos diferenciais que a criação de e-book oferece é o de tratar objetivamente, de assuntos bastante específicos.

 

2 – Monte a estrutura do seu e-book:

Assim como um livro técnico ou mesmo um trabalho acadêmico, a criação de e-book requer uma montagem bem estruturada.

Uma dica valiosa é a de fazer esboços antes de escrever totalmente o seu e-books. Formule uma lista de subtemas. Identifique quais você tem pleno domínio e quais irão demandar algum tipo de pesquisa.

Utilize ferramentas para encontrar palavras-chave, como o Google Keyword Tool. Elas te ajudarão a entender pontos específicos de interesse do seu público-alvo e que se encaixem nos itens do seu e-book. Mais tarde, essas mesmas palavras-chave serão responsáveis por aumentar o rankeamento do seu material, em sites de busca como o Google.

Crie introdução, capítulos e conclusão. Mesmo dentro dos capítulos, busque separar os assuntos em tópicos, pois isso facilitará a leitura e a compreensão do tema principal do seu e-book.

 

3 – Ilustre seu e-book:

É característico de livros técnicos apresentar fotos, infográficos e demais imagens que facilitem o seu entendimento. No caso dos e-books, esse é também um modo de tornar o seu material mais interessante.

Você pode utilizar fotos do acervo pessoal da sua empresa. Elas não implicarão em custo, nem em problemas com direitos autorais e também servem de divulgação para o seu empreendimento. Existem empresas especializadas nisso. Algumas agências de conteúdo podem fornecer o material completo!

Há ainda outras ferramentas e sites com bancos de imagens, que podem ser acessados sem custo, via internet.

 

4 – Cuide da formatação e da ortografia do seu e-book:

De nada adiantará aplicar os esforços em pesquisa, escrita e busca por imagens durante a criação de e-book, se quando seu público-alvo adquiri-lo, acabar se deparando com um material descuidado e sem a formatação adequada.

A apresentação do seu e-book também conta e muito. Alguns profissionais conseguem diagramar em ferramentas relativamente simples como Word. Outros optam por templates pré-definidos, disponíveis em alguns sites da área de marketing digital

Todavia, o mais aconselhável, principalmente em casos de e-books que serão vendidos, é encontrar alguém que realmente entenda do assunto e utilize programas adequados na formatação do seu e-book. O mais provável é que você encontre profissionais da área em agências de marketing digital ou que atuem como freelancer.

Tenha o mesmo esmero com a parte escrita do seu material. Contrate um revisor, se for o caso, pois erros banais de ortografia, coesão e coerência também podem comprometer a repercussão do seu e-book.

Numa era em que todos podem escrever e expor suas ideias via internet, é um diferencial apresentar obras que apresentem boa ortografia e uma organização clara de ideias. Isso gera credibilidade e uma imagem positiva para a sua marca no meio digital.

 

5 – Divulgue o seu e-book:

Agora que você já sabe como criar um e-book e, por consequência, criar recompensa digital, divulgue o seu trabalho!

Os caminhos mais comuns para disponibilizar um e-book são por meio de links em seus próprio site ou então disparando e-mails marketing, promovendo o seu material.

Independente de qual opção for utilizar, é indispensável enviar e-mails para confirmar com o seu público-alvo interessado o recebimento do seu material. Dessa maneira, evita-se que o seu e-book vá parar nas temidas caixas de spam.criação de e-book

 

 

Isso também garante que o seu prospect se cadastrou corretamente, e que você terá acesso àquelas informações básicas, pontuadas no início deste artigo. Atente-se sempre para que no assunto do e-mail esteja bem claro se tratar do seu e-book, evitando assim que se cliente o confunda com outra newsletters qualquer.

Para garantir que um grande número de pessoas tenha conhecimento do seu e-book, planeje e promova ações em diversos canais digitais. Divulgue em seu site e em seus perfis em redes sociais.

Busque parcerias com marcas e outros sites relacionados ao seu empreendimento. Assim, você poderá não somente divulgar a criação do seu e-book, como melhorar o tráfego da sua página.

 

Dica extra: Se possível, crie séries de e-books! Se na hora de escrever o seu material, você percebe que o seu e-book está se prolongando demais, divida-o em partes. Essa é uma maneira de garantir que seu público-alvo retorne ao seu site, em busca da continuação do material.   

 

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Seu Telefone

    Descrição do pedido