Os 4Cs do Marketing digital nas mídias sociais

O marketing é uma disciplina que está constante mudanças ao longo dos anos. As perspectivas tomam diversos rumos, os paradigmas evoluem e as estratégias se aperfeiçoam. No Marketing digital, a evolução ocorre de forma mais rápida ainda. Um dos paradigmas que pode ser observado é o aperfeiçoamento da estratégica dos 4Ps do Marketing de Jerome McCarthy para o método 4Cs do Marketing criado em 1990 por Robert Lauterborn.

Essas duas estratégias mudaram a forma de conduzir das empresas conduzirem o marketing. O 4 Ps com foto no produto e os 4Cs inverte o processo e foca no consumidor. E atualmente, vários estudiosos adaptaram os 4Cs para o as mídias sociais.

 

Dos 4Ps aos 4Cs

A teoria de McCarthy dos 4Ps foi muito difundida pelo papa do Marketing Philip Kotler em seus livros. Essa estratégia é o pilar que sustenta todo marketing tradicional de uma empresa. E era voltado para o produto e não para o cliente. A empresa desenvolvia uma solução em forma de serviço ou produto e a colocava no mercado para quem desejasse comprar.

Os 4Ps elementos são:

  • Produto: Refere-se ao estudo e desenvolvimento de um serviço ou produto (nome, como o produto será utilizado, diferenciais do seu produto, etc);
  • Preço: Refere-se as escolhas operacionais que precisam ser feitas em função dos objetivos traçados para se chegar a um preço (custo de produção, valor percebido, preços da concorrência);
  • Praça: Refere-se às escolhas dos canais de distribuição indicados para a estratégia de marketing selecionada (onde o público costuma consumir seu produto, como distribuir de forma diferenciada, etc);
  • Promoção: Refere-se à todas atividades voltadas para promoção do produto ou serviço: publicidade, marketing direto, merchandising, anúncios patrocinados, etc.

O Marketing tradicional tem por conceito a intrusão, a comunicação e oferta de uma via, não ouvir o cliente e apenas o gerar o desejo de compra no seu público. O Marketing, essencialmente, tem por objetivo identificar, satisfazer as necessidades sociais e humanas e isso envolve a gestão dos produtos, dos clientes e marcas.

O marketing nunca perdeu seu valor, ele se adaptou. A forma das empresas se relacionarem com seus consumidores mudou bastante.

 

O conceito dos 4 Cs do marketing

Em 1993, Lauterbom propôs um novo conceito adaptando os 4Ps em 4Cs com atenção voltada para o cliente. Toda estratégia foi focada no planejamento direcionado ao consumidor.

Os 4 Cs do marketing são:

  • Cliente: Substitui o P de produto. O foco é no cliente, na vida do consumidor. O cliente que vai tomar a decisão de compra sem ser forçado. O cliente não é mais receptor passivo, ele informa o que deseja.
  • Custo: É determinado por um custo mais global que inclui todos os fatores que podem levar o cliente a comprar o produto.
  • Conveniência: É uma análise mais orientada ao cliente, onde eles compram, se estão dispostos a comprar o produto, entre outras informações.
  • Comunicação: É a chave do marketing nos dias de hoje. E nessa nova estratégica é foca na interação do cliente do comprador com o vendedor, num nível mais pessoal, induzindo à fidelidade da marca.

Os 4Cs são muito vantajosos, pois obrigam as empresas a estudarem seus clientes antes de desenvolverem seus serviços e produtos. Nessa estratégia, a comunicação precisa ser perene e contínua e o cliente está em primeiro lugar.

Veja também: http://www.leadsconteudoweb.com.br/redes-sociais-para-vendas/

Os 4 C’s do Marketing nas Mídias Sociais

O mundo digital oferece tantas oportunidades, diferentes técnicas que é comum ficar perdido. No entanto, toda empresa que deseja ter sucesso no mundo digital precisa estar presente nas mídias sociais para se conectar com seus clientes, engajá-los e criar novas soluções de forma colaborativa.

Alguns estudiosos, adaptaram os 4Cs do marketing e o aplicaram para mídias sociais. YouTube, Pinterest, LinkedIn, Facebook, Twitter, entre outras tantas mídias, são pautadas pelo relacionamentos e troca de experiências profissionais e pessoais.

As empresas devem aplicar os 4Cs para participara das mídias sociais:

  • Conteúdo
  • Colaboração
  • Comunidade
  • Coletivo

Conteúdo

As empresas precisam se originais e únicas na produção dos seus conteúdos. Elas devem criar conteúdo de qualidade, útil, relevante para atrair para as pessoas certas para a sua comunidade e reforçar o posicionamento da sua marca. Tudo que sua empresa produz precisa ser diferenciado. O conteúdo precisa engajar as pessoas e promover a interação.

Antes de você tentar se aproximar dos seus potenciais clientes nas mídias sociais, é preciso ter conteúdo original e interessante para oferecer. Desenvolva conteúdo que realmente represente sua marca.

O Storytelling é um ótimo recurso para as empresas que desejam destacar experiências, vivências profissionais atreladas com boas histórias para criar audiência e fomentar memórias. O conteúdo é a base do marketing digital. Ao contar boas histórias, empresas criam laços com a marca, lembranças e registros na cabeça no consumidor.

 

Colaboração

Nas mídias sociais, é fundamental conhecer as pessoas, compartilhar os mesmos interesses e construir relacionamentos. Por meio de conteúdo útil e relevante e com serviços e produtos de qualidades, as empresas contam as ajuda de clientes, parceiros, colaboradores para recomendarem sua marca nas mídias sociais.

A colaboração com compartilhamentos, depoimentos, testemunhos e recomendações é fundamental para que as empresas tenham sucesso nas mídias sociais junto aos seus consumidores.

Ouvir seus clientes, monitorar os comentários, descobrir quem são os influenciadores, buscar comentários com palavras chave como: amo, preciso, quero, é muito importante para que a empresas possam melhorar o seu atendimento e produção. A colaboração de clientes, fornecedores pode influenciar a imagem da empresa.

 

Comunidade

A comunidade ou capital social é fruto da construção de conteúdo qualificado e da colaboração de ideias, intercâmbio de pensamentos e experiências compartilhadas. Uma comunidade é a reunião de pessoas que possuem interesse nos produtos e serviços da sua empresa. Essa reunião é feita de boa vontade, onde há uma confiança depositada na sua empresa e nos produtos adquiridos pela sua marca.

Pode-se encontrar comunidades que tenham interesses no serviços e produtos das suas empresas que tem por objetivo interagir com o público, fazer contatos, compartilhar experiências.

Além disso, é possível criar sua própria comunidade e a mídia social mais indicada é o Facebook. A ideia é sempre gerar relacionamentos entre empresa e público-alvo. Esse relacionamento é baseado na confiança e na colaboração das pessoas seja por proximidade, ressonância (frequência), ou por relevância (credibilidade, autoridade), por meio do conteúdo compartilhado na comunidade.

Quanto mais pessoas conhecerem sua marca, compartilhar seu conteúdo, colaborarem com sua empresa, mais força terá sua comunidade.

 

Coletivo

O Coletivo ou inteligência coletiva é uma ideia de que sua empresa ou o serviço e produto vai contribuir com as comunidades do nicho de atuação, gerando ainda mais conteúdo por meio de discussões. Dessa forma, sua empresa vai conseguir ampliar sua influência no seu nicho de mercado.

Foque em ações onde os influenciadores vão poder disseminar suas ideias e mensagens.

 

Em Resumo:

A aplicação dos 4Cs nas mídias sociais gera mais engajamento entre marcas e consumidores:

  • Crie conteúdo relevante com temas relacionados à sua área de atuação;
  • Receba a colaboração do seu público por meio de críticas, comentários, elogios, depoimentos e compartilhamentos;
  • Construa sua comunidade ou participe da comunidade de outras empresas para fortalecer sua marca;
  • Propague o coletivo, a sua ideia nas comunidades por meio de conteúdo relevante.

 

Quer saber mais sobre conteúdo para mídias sociais? Fale com um dos nossos consultores e descubra os pacotes de conteúdos que a Leads oferece para que você vencer a concorrência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *