O que é UX Writing? Um guia completo

O conteúdo é rei — já dizia Bill Gates, em 1996. E até hoje ele continua sendo. No entanto, atualmente, ele é produzido de maneira a facilitar a experiência do usuário. E é por isso que, para quem trabalha com marketing de conteúdo, é importante saber o que é UX Writing

Atualmente, ao pensar na produção de conteúdo para a web, é importante focar no mobile first. Afinal, o uso dos smartphones já superou os desktops. 

E, se estamos falando de pequenos dispositivos móveis — como são os celulares —, estamos falando também de espaços limitados para escrever toda a informação que precisa ser passada para que o usuário tenha uma experiência positiva em seu site. 

E é aí que entra o trabalho do UX Writer: pensar/desenvolver/revisar a escrita, de forma que ela seja focada na experiência do usuário.

Atualmente, grandes empresas — como o próprio Google — adotam como estratégia na hora da produção de conteúdo, aliar texto e design sempre pensando na usabilidade do leitor. 

Ou seja, é preciso focar em fazer com que o seu usuário consiga navegar pela sua página sem muita dificuldade. 

É preciso escrever de forma que, mesmo com o espaço reduzido, a informação seja passada e seja clara. E, embora hajam muitos questionamentos sobre o que é mais importante — conteúdo ou design — é preciso saber que os dois são proporcionalmente impactantes na hora de estabelecer a comunicação com o leitor.

 

Leia também: Criação de conteúdo, por que sua empresa deve apostar nela agora!

 

E se você não está por dentro do UX Writing, não tem problema. A Leads preparou para o artigo de hoje um guia completíssimo sobre o que é UX Writing. Pega um papel e uma caneta — ou abre o bloco de notas mesmo! — e vem com a gente!

O que é UX Writing, afinal?

O UX Writing é uma estratégia de conteúdo voltada para a experiência do usuário. Isto é, é a escrita, as cores e formatos pensados para facilitar e melhorar a usabilidade do seu cliente em seu site, aplicativo, contato e chatboats. Não basta que uma empresa seja apenas ágil. É preciso também ser clara e objetiva.

Portanto, o UX Writer é o profissional que irá escrever — ou revisar — o conteúdo de forma que selecione as palavras adequadas para interagir com o seu site ou blog. Dessa forma, para responder o que é UX writing, podemos dizer que é a técnica que media a comunicação entre o usuário e o seu site. 

Para além do conteúdo, o UX writing também é sobre hierarquia da informação e marketing, de forma ampla. 

Já era utilizado por empresas de softwares, mas agora também chegou às empresas que desenvolvem aplicativos, sites, blogs e etc. No entanto, é preciso ter em mente o que é UX writing: é sobre escrever — apesar do nome tecnológico. Nesse tipo de técnica, uma só palavra não somente pode dizer tudo, como deve. 

Como mencionamos, a escrita voltada para a experiência do usuário é feita em espaços limitados. Sendo assim, nem sempre você terá a possibilidade de comunicar com muitas palavras. É necessário ser o mais conciso possível, sem deixar de passar a informação necessária.

Boas práticas para a escrita UX

Já falamos sobre o que é UX writing: a prática de escrever pouco e informar muito, focada na experiência do seu usuário. No entanto, como fazer isso? Seguem algumas dicas:

Seja claro

É preciso ser claro, para que o seu usuário entenda exatamente o que você quer dizer. Portanto, utilizar palavras comum do dia a dia do seu usuário é uma boa prática. Esqueça os termos técnicos. 

Exemplo:

“Você digitou a senha errada” é melhor do que “ocorreu um erro na autenticação”.

Seja sucinto

Lembre-se que seu espaço é limitado. Portanto, além de escrever pouco, é preciso escrever com eficiência, utilizando as palavras corretas. Uma boa forma de fazer isso é retirando as palavras sem valor — ou seja, que não fazem diferença na hora de passar a mensagem.

Exemplo:

“Senha incorreta” é mais eficiente do que “você digitou a senha errada”.

Oriente o usuário

É preciso ajudar ao usuário a executar as ações necessárias para solucionar os problemas e alcançar os objetivos que ele tem ao acessar o seu site. Portanto, é preciso focar na escrita útil também. 

Exemplo:

após informar que o seu usuário digitou a senha incorreta, é muito mais útil colocar botões de “tentar de novo” ou de “redefinir senha” do que um simples ok, por exemplo.

Pense primeiro no usuário

Por mais que pareça uma dica óbvia, nunca é demais reforçar. Pense unicamente no seu usuário ao montar a estrutura do seu site. Ao acessar o seu site e conseguir navegar de forma simplificada, o seu usuário ganhará confiança em você.

Otimização

É trabalho do UX writer escolher palavras que permitam a otimização do conteúdo, para que ele seja encontrado. Portanto, em conjunto com profissionais que sejam capacitados para análise e planejamento de palavras-chaves, deve fazer um trabalho que impacte o público alvo.

Colaboração

O UX writer não trabalha sozinho. Portanto, é preciso colaboração, principalmente com o time de design. Afinal, aparência e conteúdo — neste caso — estão ligados e impactam diretamente na experiência que o usuário terá ao acessar o seu site ou blog. 

Como o UX writing pode impactar o usuário?

Sobre o que é UX writing, é importante ter em mente que essa técnica de escrita é importante para o voice brand — isto é, para a voz da marca. Dessa forma, adotar esse tipo de estratégia na comunicação da sua empresa, além de trazer um bom retorno, impacta o usuário de algumas formas. 

Defina

É preciso definir, de maneira sucinta, o que é o seu negócio e o que ele oferece aos clientes. É importante pensar bem nas palavras, uma vez que elas irão desenvolver a personalidade da sua marca. 

Diferencie

Ninguém chega a lugares diferentes fazendo coisas iguais. Portanto, para sair na frente dos seus concorrentes, é preciso se diferenciar. E, para isso, é importante fazer a análise de mercado do nicho no qual você atua.

Escute

Para melhorar a experiência do usuário na comunicação com a sua empresa, é preciso saber como o seu usuário se comunica com você. Não tenha medo de adotar tons de voz mais informais, se for assim que os seus usuários se comunicarem. Adeque a linguagem da sua empresa ao público alvo.

Envolva

Para impactar, é preciso engajamento. Portanto, ao escolher as palavras, opte por aquelas que cativam e envolvem o seu público alvo. E, claro, que sempre tenha a ver com a marca da sua empresa.

Evolua

Estude o seu usuário e evolua e se adapte ao comportamento dele. O mundo corporativo está em constante evolução e, para fazer efeito, é preciso que você evolua junto.

A escrita como parte integrante do design

Como já mencionamos, na hora de tornar a experiência do seu usuário a melhor que você pode oferecer, desenvolvimento, engenharia, escrita, design e vários outros setores da empresa, devem caminhar juntos. Isso porque um complementa o outro e, juntos, integram o trabalho. 

Dessa forma, a parte de texto de um produto ou projeto, é tão importante quanto a parte de desenvolvimento. Mais do que isso, deve ser desenvolvida justamente na fase em que o produto ainda está sendo desenvolvido. No entanto, essa não é uma boa prática.

Isso porque esperar um projeto estar pronto para então desenvolver a parte escrita, pode facilitar que problemas com a interface passem sem serem percebidos. Os problemas de texto, geralmente podem revelar problemas de design. Portanto, quanto mais cedo for identificado, mais fácil é para consertar. 

Se o texto impacta na experiência do seu usuário, o design também. Sendo assim, ter escrita e design aliados, sem dúvidas, garante um maior sucesso em seu trabalho. Lembrando que a experiência do usuário impacta diretamente no tempo em que um cliente permanece em seu site e, consequentemente, converte. 

Dicas para um UX Writing eficaz

Não existem regras fechadas e universais que garantem que você estará fazendo de fato o que é UX writing de forma eficaz. No entanto, separamos algumas dicas que podem te ajudar a ter sucesso.

Evite blocos de textos longos

Lembra que falamos sobre ser concisos? Pois é! Isso também vale para quando você precisa fazer um texto maior. Muitas vezes, só uma frase ou palavra não vai resolver o problema do seu usuário. No entanto, você pode melhorar a experiência dividindo o texto em blocos mais curtos.

Comece a frase com o objetivo

Quando sua frase tiver um objetivo, ele deve vir logo no início. O seu usuário precisa saber de cara o que precisa fazer. Por exemplo, troque o “para continuar lendo o artigo, clique aqui” por “clique aqui para continuar lendo o artigo”.

Utilize a voz ativa

A voz passiva garante um tom mais arrastado em sua frase. Portanto, para melhorar a experiência do seu usuário e fazer o que é UX writing de forma eficaz, use sempre a voz ativa. Por exemplo, troque “você deverá clicar no botão sair quando encerrar suas atividades” por “clique no botão sair para sair da página”.

Exemplos sobre o que é UX Writing

Se tudo ainda parece muito confuso em sua mente, não se preocupe. Vamos listar alguns exemplos práticos sobre o que é UX Writing. Confira.

 

  • Call to Actions

 

As chamadas para ação são exemplos clássicos sobre o que é  a escrita UX. É impossível escrever uma boa CTA sem pensar na experiência do seu cliente.

Dessa forma, junto com o design do seu site, quando você cria uma landing page, você pensa tanto no texto, quanto no design para que o seu cliente saiba exatamente o que fazer. 

 

  • Menu de Navegação

 

Sim, o menu de navegação do seu site é um ótimo exemplo sobre o que é UX Writing. Afinal, ele está ali para facilitar a vida do cliente. O menu de navegação é desenvolvido pensando em ajudar a levar o usuário até onde ele precisa chegar. Ou seja, até o objetivo dele dentro do seu site ou blog.

 

  • Prompts

 

Em informática, os prompts são os sinais que indicam que o computador está esperando uma entrada. No UX writing, por exemplo, podemos usar o espaço do Facebook que pergunta “no que você está pensando?”. Esse espaço guia o usuário, mostrando o que deve ser feito ali.

Por que contar com o serviço de UX Writing?

Simplesmente porque o texto pode facilitar ou quebrar a experiência do usuário. Esse motivo por si só já é o suficiente. Afinal, é esse conceito que irá ditar o relacionamento do seu cliente com a empresa. Listamos aqui alguns motivos sobre porque o UX Writing é importante.

 

  • Engajamento

 

A experiência do usuário impacta diretamente no tempo de permanência dele na sua página e, consequentemente, no engajamento dele. Usuários que não têm uma experiência positiva, tendem a abandonar o site ou blog sem tomar nenhuma decisão que gere lead para você

 

  • Decisão de Compra

 

Seja um e-commerce ou uma landing page, a decisão do seu cliente de comprar — ou fazer um cadastro — é diretamente afetada pela experiência que ele vai ter em sua página. Portanto, elementos gráficos e de navegação no lugar correto, fazem toda a diferença na hora do seu usuário decidir comprar. 

 

  • Fidelização

 

Cliente satisfeito é cliente fiel. Sendo assim, para que o seu cliente fique satisfeito, é preciso que a experiência dele em seu site tenha sido positiva. Dessa forma, além de voltar à sua página, ele ainda recomenda você para outras pessoas. 

 

  • Ranqueamento

 

Quem não quer estar bem posicionado no Google? Pois é. Para além das técnicas de SEO, a experiência do usuário também conta para que o seu site seja bem ranqueado nos motores de busca. Portanto, se você quer que as pessoas certas te encontrem, é preciso saber o que é UX writing e, mais do que isso, aplicar em seu site. 

Agora ficou mais fácil entender o que é UX writing, certo? Então, aproveita para entrar em contato com a Leads. Temos um time de especialistas, prontos para fazer sua mensagem chegar o seu cliente e, mais do que isso, prontos para fazer a experiência do seu usuário ser inesquecível!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *