Marketing de Conteúdo para pequenas empresas: batendo de frente com gigantes!

A concorrência assusta a maioria dos empreendedores, principalmente quando se trata de concorrentes gigantes: grandes empresas e até mesmo multinacionais. Às vezes parece impossível entrar nessa competição. Mas, com o Marketing de Conteúdo para pequenas empresas é possível bater de frente com essas empresas.

Uma das vantagens de trabalhar com Marketing de Conteúdo para pequenas empresas na internet é que o meio digital é extremamente democrático e barato. Ou seja, com um baixo investimento qualquer empresa pode ter o mesmo espaço que uma multinacional por exemplo. Ou, até ter espaços maiores e públicos mais engajados.

 

Números não querem dizer nada, mas ações sim!

 

Em muitos aspectos é praticamente impossível comparar uma empresa pequena com uma empresa grande: a quantidade de colaboradores, a escala de produção, e o número de vendas. Esses são fatores que diferem esses dois tipos de empresas.

Muitas vezes, o mesmo acontece na quantidade de seguidores nas redes sociais, tráfego orgânico em um site e conversões. As multinacionais investem mais em publicidades, e por isso conseguem aumentar os números.

Mas números não significam nada quando o assunto é Marketing de Conteúdo para pequenas empresas. O ideal é construir uma audiência engajada, ou seja, ter seguidores e leads responsivos – que interajam com a marca e compram os produtos.

E é nesse ponto em que uma pequena empresa pode ultrapassar as multinacionais. Com mais atenção para o Marketing de Conteúdo, é possível construir um relacionamento mais eficiente com o público, superando as conquistas de uma empresa grande – que nem sempre atende a todos os seguidores.

 

Como fazer Marketing de Conteúdo para pequenas empresas?

 

O objetivo do Marketing de Conteúdo para pequenas empresas é criar um relacionamento com o público, e gerar conversões. Os conteúdos irão fazer com que os possíveis clientes procurem pela marca, haverá um interesse espontâneo. Sendo assim, a empresa não precisará fazer esforços para ir atrás de consumidores – são eles quem procuram a empresa.

Blogs, vídeos, redes sociais, ebooks e infográficos: há diversas maneiras de trabalhar com o Marketing de Conteúdo. E isso irá depender do público específico da empresa. É importante, portanto, fazer uma pesquisa para entender onde aquele público está, e quais são os canais preferidos.

Confira alguns fatores que irão fazer toda a diferença no Marketing de Conteúdo para pequenas empresas superarem os gigantes do mercado:

 

Seja presente

 

O sucesso do Marketing de Conteúdo tem a ver com a presença na internet. É fundamental estar onde o público está – e ter periodicidade, para, realmente, fazer parte do dia a dia daqueles seguidores.

A presença de uma marca, portanto, tem a ver com dois fatores fundamentais: canais de divulgação e frequência de publicações. Isso irá gerar um relacionamento mais assertivo com o público.

 

Seja relevante

 

A qualidade do Marketing de Conteúdo para pequenas empresas possui uma relação direta com a relevância dos temas e assuntos abordados. É fundamental que as pautas possuam conexão com a rotina e as necessidades do público.

A utilização de conteúdos com dicas práticas ou tutoriais é uma estratégia de criar relevância para o público. Em outras palavras, o conteúdo deve ser útil para a audiência.

 

Seja criativo

 

A criatividade é uma forma de chamar a atenção no meio de tanto conteúdo. Muitas vezes, com o excesso de publicações, o público não consegue acompanhar todas as atualizações. Isso pode ser um grande problema para as pequenas empresas, ao competirem com as gigantescas.

Por isso, sair do comum e inovar é essencial para o Marketing de Conteúdo para pequenas empresas. Usar elementos do Storytelling, como a Jornada do Herói e os arquétipos, é uma estratégia para isso.

 

Pequenas empresas X grandes empresas: quais são as vantagens?

 

Uma vez que não são os números que definem o sucesso das estratégias de Marketing de Conteúdo para pequenas empresas, mas a qualidade e engajamento do público, é possível perceber diversas vantagens nessas ações de pequenas empresas.

 

Interação

 

Muitas vezes, as grandes empresas não conseguem dar atenção para todos os comentário. Essa é uma vantagem das empresas com públicos menores. É possível interagir mais com os clientes.

Sendo assim, é fundamental para a empresa responder todos comentários (inclusive os negativos). Isso será uma forma de enfatizar a importância de cada cliente para a empresa

 

Localização

 

Pequenas empresas podem trabalhar com a localização. Os comércios locais podem atuar nos sites de pesquisas e redes sociais, com anúncios que segmentam a localização do público.

A localização aumenta a encontrabilidade de uma empresa, e gera mais clientes. Uma lavanderia, por exemplo, é pesquisada na internet por meio da sua localização. Diferentemente de empresas maiores – que muitas vezes nem possuem lojas físicas próximas aos consumidores.

 

Conexão

 

A fidelização de um cliente está relacionada com as emoções e as experiências positivas que uma marca gerou nele. Empresas pequenas conseguem ter um relacionamento mais próximo com o cliente e, portanto, gerar mais conexão, mais emoções e fidelização.

É importante que o Marketing de Conteúdo para pequenas empresas busque enfatizar essas experiências com o público. Ao contar histórias de pessoas e suas experiências com a empresa, haverá uma conexão maior.

A vantagem das pequenas empresas está, justamente, em uma relação mais afetiva entre cliente e marca – já que há essa maior interação. E a localização também colabora com isso, porque as pessoas também estão próximas às marcas, fisicamente.  

 

Marketing de Conteúdo para pequenas empresas

 

Branding e Marketing de Conteúdo para pequenas empresas

 

Branding é um termo que se refere à gestão da imagem da empresa. Ou seja, é a maneira que ela será vista pelo público. As empresas, geralmente, conquistam fãs e clientes fiéis por meio de uma imagem e uma linguagem empregada na comunicação com as pessoas.

Isso tem a ver com o “espírito” da empresa. Branding é a maneira que os clientes irão classificar a empresa e categorizar a relação que eles possuem com elas. Isso envolve emoções, conexões, interações e proximidade entre público e marca.

É possível ter estratégias de Branding eficiente com um Marketing de Conteúdo assertivo para pequenas empresas. Sendo assim, a empresa será lembrada com mais facilidade pelo consumidor e ainda terá mais credibilidade.

Os conteúdos irão construir a imagem da empresa, por meio de assuntos pertinentes e que geram impactos na vida dos consumidores. Além disso, a linguagem utilizada também irá refletir na imagem da empresa: Mais descontraída? Mais séria? Mais agressiva? Ou mais amigável?   

 

Qualidade de multinacional: é possível?

 

Na maioria das vezes, as pequenas empresas, quando começam a planejar o Marketing de Conteúdo acreditam que não irão conseguir alcançar a qualidade dos conteúdos das grandes empresas. Esse é um mito, já que o Marketing de Conteúdo requer baixo investimento e é possível, sim, manter a mesma qualidade. Veja como:

 

Fazer pesquisas

 

As pesquisas são fundamentais para dois pontos: conhecer o público e entender como funcionam as estratégias de Marketing de Conteúdo. Por isso, as pequenas empresas devem acompanhar blogs, ler ebooks, e assinar canais de conteúdos de marketing no Youtube.

Além disso, é fundamental manter contato com o público. Uma dica importante é aplicar questionários e entender o que o público quer receber de conteúdo. Para isso, a empresa pode oferecer uma recompensa: um ebook, um curso ou um desconto no produto.

 

Ter bom senso

 

Muitas vezes, basta ter bom senso para publicar conteúdos de qualidade. Ou seja, compreender a necessidade do público e evitar assuntos clichês e desgastados. Além disso, o bom senso está presente na qualidade do conteúdo.  

Para isso, a pequena empresa deve evitar erros de português, evitar abordar assuntos polêmicos, e ter uma preocupação com a estética do conteúdo, por exemplo, o layout do blog e a diagramação do ebook.

 

Terceirizar conteúdo

 

A terceirização de conteúdo é uma forma de garantir a qualidade das publicações. Ao comprar artigos para blog, por exemplo, a pequena empresa estará contando com uma equipe competente, reduzindo os custos das contratações.

Com uma agência de conteúdo, portanto, é possível atingir a qualidade do Marketing de Conteúdo das empresas gigantescas do mercado. Sendo assim, a pequena empresa terá o mesmo espaço na internet, a mesma qualidade e a concorrência estará mais justa.  

 

Entenda como funciona uma agência de conteúdo: clique aqui. Ou fale com um dos nossos consultores. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *