Como criar excelentes roteiros para vídeos no YouTube

Com o mundo cada vez mais conectado a seus tablets e smartphones, assistir a vídeos se tornou muito comum. E um das populares mais populares onde é possível criar roteiros para vídeos é o YouTube.

Mas, o que é e para que serve o YouTube?

O YouTube é uma plataforma de distribuição digital de vídeos enviados pelos usuários através da internet. O termo vem do inglês “you” – você e “tube” – canal, mas usualmente significa televisão. Significa “você transmite” ou “canal feito por você”. Os canais são criados pelos próprios usuários que podem compartilhar vídeos dos maios variados temas. Qualquer pessoa pode assistir. O YouTube foi criado em 2005 pelos ex-funcionários do PayPal Chad Hurley, Stevem Chen e Jawed Karim.

O site de compartilhamento hospeda milhares de filmes, documentários, videoclipes e vídeos caseiros, além de transmitir eventos ao vivo. A popularidade é tamanha que leva desconhecidos a se tornarem “celebridades instantâneas”, como é o caso dos que compartilham vídeos caseiros. São os chamados YouTubers.

Vídeos caseiros, como o nome diz, são vídeos criados por pessoas comuns que desejam compartilhar algo interessante sobre o que fazem. Porém, para que um vídeo seja bem-sucedido e ganhe milhares de curtidas e seja compartilhado, é necessário que não somente a parte visual seja atrativa e interessante, como também o roteiro seja bem escrito.

Independente de que tipo de vídeo você vá produzir, mesmo que você conheça o assunto a ser tratado e tenha experiência em criar vídeos, é essencial um roteiro bem delineado para que você não se perca durante a produção. Ter um bom roteiro em mãos faz com que você desenvolva seu objetivo com eficiência, deixando o conteúdo mais interessante, dinâmico melhorando, assim, a produtividade.

Como criar um roteiro

O roteiro para o vídeo não se trata apenas de escrever o que vai ser falado à frente da câmera e sair lendo. O vídeo envolve audição, visão e empatia (a desenvoltura diante da câmera). São ingredientes que devem ser explorados. Você precisa organizar suas ideias e gerenciar seu tempo. Falar para a câmera com coerência, sem gaguejos. Também não pode esquecer ou pular takes na hora da gravação. Todos esses detalhes que parecem mínimos fazem muita diferença para o resultado final.

Se você trabalha em equipe, o roteiro permite que cada um saiba do seu trabalho, do que deve fazer em cada dia e que se organize melhor. E, acima de tudo, você poderá focar na gravação, que também deve der bem realizada para que seu vídeo seja compartilhado.

Para você desenvolver um bom roteiro, seguem algumas dicas:

Sem conceitos

No roteiro de um vídeo não cabem conceitos pois você terá a ferramenta visual. O público vai ver, não precisa ser falado ou citado.

Adicione dinamismo ao vídeo

Você fala para a câmera e, logo depois, utiliza animações e fotos que tenham a mesma linguagem do contexto.

O roteiro é dividido em cenas

Cada mudança de assunto, cenário, figurino ou tempo é uma nova cena. Cada cena será composta por um cabeçalho, com as seguintes informações – o que será gravado na cena tal. Descreva a ação como ela deve acontecer exatamente, o que você estará fazendo e o figurino. Passo a passo. O local onde a cena será gravada. Se estará claro ou escuro. A cada cena deve ser escrito um novo cabeçalho.

A ideia do seu vídeo

Você precisa desenvolver o conteúdo. Sobre o que vai falar? Estude o conteúdo. Saiba sobre o que vai falar. Multiplique a informação. A dica é o conteúdo ser conhecido e, se não for o caso, estude e procure referências. Se tiver tempo aprofunde-se para ter domínio ao falar, o que é muito importante. Você precisa ter segurança no que vai dizer quando estiver gravando. Quem vai assistir perceberá e, caso alguma insegurança seja revelada, você não venderá seu produto ou ideia. Não utilize uma linguagem muito coloquial nos vídeos. Procure um vocabulário neutro, nem linguagem de conversa nem linguagem erudita.

Linguagem corporal

É importante você manter a sua voz, com naturalidade, sem imitações. Jamais imite alguém que não seja intencionalmente.

De olho no texto

Enxugue o texto, tire o que não for necessário, pois quem está assistindo, não está lendo. Escrever um roteiro não é como escrever um texto! Use “a gente” ao invés de “nós”; repetir palavras pode ser utilizado, mas não muito; redundâncias também estão nesse caso, mas nada de “subir para cima”.

Evitar o uso de vírgulas, dê preferência a frases; não use ênclises do tipo “Aceitaram-me”; utilize a voz ativa – “eu compro” e não “será comprado por mim”; evite usar o futuro simples – eu farei, prefira – “eu vou fazer”; não use palavras difíceis ou que gerem duas interpretações; forneça apenas uma informação por frase.

A sua fala precisa ser natural, mas evite muitas gírias e vícios de linguagem. Contudo, para estar à frente das câmeras, você precisa agir naturalmente, imagine você parando para pensar no que vai dizer? Parecerá forçado demais. Evite “frases feitas” utilizadas por quem já é conhecido e popularizado, a não ser que seja intencional.

Leia também: SEO para Youtube, o que você precisa saber!

 

Excelência no roteiro

Aquilo que for dinamizado no vídeo, você pode estruturar em cores no roteiro. Por exemplo: dividir o vídeo em elementos (você fala – fotos – vinheta). No roteiro, cada elemento deve ter uma cor diferente para que seja identificado mais facilmente e melhor organizado.

O conflito, ou o conceito do vídeo, deve estar no ar em mais ou menos trinta segundos. Isso faz com que você segure o público mais rapidamente e o mantenha assistindo ao vídeo até o fim. A fisgada tem que ser rápida para que espectador continue assistindo. Por isso, não espere para dizer do que se trata o vídeo.

Fale diretamente com o público. Use os pronomes seu, sua. A palavra você. Assim você cria identificação e engaja o público.

Conheça seu público e fale sobre o que eles gostam. Você deve pesquisar o seu público para se orientar quanto ao que mais interessa a ele.

Mantenha a linguagem e o conteúdo o mais pessoal possível. Fale para o público como para quem você conhece pessoalmente.

Conte histórias. Dentro do conteúdo seja o narrador de uma história mesmo que você seja a personagem. Histórias engajam o público a assistir.

Criar e desenvolver um roteiro para YouTube não é algo muito complexo. Fique atento às dicas e concentre-se para ser o mais organizado possível. Porém, se você é daqueles que não tem aptidão ou que não gostam de escrever, vale a pena contratar uma empresa que se propõe a fazer este tipo de serviço. O mais importante é que seu vídeo tenha um roteiro excelente para que seu vídeo alcance o real objetivo.

 

Ficou com dúvidas sobre questões relacionadas ao tipo de conteúdo que sua empresa deve produzir? Fale com nossos consultores e descubra como podemos melhorar a sua comunicação por meio de conteúdo relevante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *