A ética no e-marketing e as situações limite

As atuais lógicas do mundo comercial online criaram uma situação na qual é cada vez mais simples conseguir ter um espaço de e-commerce e cada vez mais difícil conseguir o destaque faces às restantes lojas online.
A concorrência é, nos nossos dias, uma realidade sem precedentes. Todos os dias surgem novas lojas online, muitas das quais repetindo-se em temática, conteúdo e estilo.
Com as grandes dificuldades oferecida pelas lógicas de mercado atuais, muitas lojas online e espaços de e-commerce opta pelas mais diversificadas estratégias para se destacarem. Desde a criação de uma identidade de marca diferenciadora, passando pela difusão dos seus produtos nas redes sociais ou com recurso aos mecanismos publicitários do Google, estas marcas tentam atrair os seus públicos e obter o prometido sucesso digital.
Infelizmente, nos nossos dias, nem todas as formas como a concorrência digital se faz são éticos. Muitas das estratégias utilizadas podem ser moralmente desafiantes e até mesmo prejudiciais para os consumidores (e, caso sejam identificadas, também para o bom nome e reputação das marcas.
Hoje, olharemos algumas situações comuns e que colocam a ética do comércio online em risco.

1. Os comentários e avaliações falsos

As reviews falsas estão cada vez mais presentes na web e são responsáveis pela falsa sensação de segurança que muitos consumidores sentem ao fazer as suas compras online.
Estes comentários falsos são usualmente comprados pela marca ou feitos pela mesma sob nomes distintos, usualmente reportando boas experiências de compra ou a satisfação relativamente aos produtos recebidos. Muito positivos, estes comentários tecem elogios e classificam sempre com pontuações elevadas a prestação da loja.
A intenção da loja é simples: motivar outros a comprar os seus produtos com base em premissas falsas. Identificar este tipo de review pode ser fundamental no momento de escolher uma loja online, para evitar ser enganado.

2. Fotos ilusórias

Como muitos vídeos e fotos de “antes e depois” nos têm revelado, muitas lojas usam imagens ilusórias e que em nada se assemelham ao produto final exportado pelas mesmas.
Muitas vezes, as pessoas acabam por fazer a sua compra, acreditando que receberão o produto de sonho da imagem e acabam por receber algo que não corresponde minimamente às expectativas.
Muitas vezes, imagens de vestidos de seda com apliques de pedra apresentam-se como meros trapos de tecido ingrato com padrão que imita o aplique.
É, por isso, necessário ter cuidado com as lojas escolhidas e tentar garantir que o feedback dos clientes anteriores é positivo (e que não se trata de um comentário falso).

3. Esquemas de burla

Muitas vezes um site pode parecer fidedigno mas, no final, representará apenas um esquema de extorsão, ficando com os valores pagos pelos clientes sem garantir a entrega do produto.
Este tipo de caso, usualmente, utiliza ambas as estratégias acima mencionadas: reviews falsas e imagens ilusórias, visando obter a confiança do cliente e criando nele o desejo pelos produtos das imagens.
Este caso é particularmente danoso para o cliente, já que pode ficar sem o seu dinheiro e o produto escolhido.

 

 

*Publieditorial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *