Que tipo de conteúdo sua empresa deve postar em cada rede social?

A era digital é uma realidade e, com ela, a rede social. Milhares de pessoas passam o tempo todo postando ou compartilhando conteúdo nas mais diversas redes, sendo que as mais populares são o Facebook, o Twitter, o Instagram. O YouTube e o LinkedIn. E é por conta disso que as empresas passaram a investir mais no marketing de conteúdo e que tipo de conteúdo deve postar em cada rede social.

Antes de tudo, é necessário saber o que é o marketing de conteúdo. É uma forma de a empresa ou pessoa engajar com seu público-alvo alavancando a rede de clientes e clientes em potencial através da criação de conteúdo de relevância e qualidade. O objetivo deste método do marketing é o de atrair, envolver, reter e gerar valor para o público criando uma visão positiva de sua marca, além de gerar renda com novos negócios e parcerias. Para realizar um marketing de conteúdo eficiente e valioso, o conteúdo deve estar baseado numa estratégia organizada e bem estruturada para gerar resultados satisfatórios.

Entendido o que é marketing de conteúdo, falaremos de redes sociais. A rede social é uma estrutura social composta por pessoas ou organizações, conectadas por um ou vários tipos de relações, que compartilham valores e objetivos em comum. A característica fundamental na definição é sua abertura, possibilitando relacionamentos horizontais e não hierárquicos entre todos os participantes. Na rede social, a conexão entre as pessoas se dá através da identificação e identidade.

 

O marketing digital e as redes sociais

As redes sociais operam em variados níveis, desde os que exploram a rede de relacionamentos dos usuários como o Facebook, o Twitter, o Instagram e o Youtube, a redes profissionais como o LinkedIn. Todas as redes sociais possuem um ponto em comum, que é a base da estrutura: o compartilhamento de informações, conhecimentos, interesses e esforços.

Nesse contexto da revolução tecnológica e do crescimento de outras formas de interação, inclusive entre empresas e público, o marketing precisou se desenvolver na área digital. As estratégias do marketing tradicional não surtem mais o efeito esperado.

Dessa maneira, se tornou necessário que as empresas desenvolvessem estratégias de marketing digital. Em primeiro lugar, é preciso saber produzir um conteúdo específico para as redes sociais e que seja relevante, pertinente, coeso e direcionado às necessidades de seus consumidores.

O marketing nas redes sociais tende a ser muito mais pessoal e interativo. Pessoal porque a empresa fala diretamente com o público, estreitando sua relação; e interativo porque a resposta ao conteúdo é imediata, quase em tempo real.

Consequentemente, as redes sociais se tornaram uma plataforma de interação entre empresa, clientes e clientes em potencial. O resultado deste tipo de uso da rede social é o reconhecimento da marca e da fidelização dos clientes. Desta forma, o uso da rede social em termos de negócio se torna um canal de comunicação direta, de pontos de contato entre os dois lados desse tipo de comércio.

Conteúdo para rede social

O marketing de conteúdo para rede social difere totalmente de outros tipos de marketing online. A divulgação nas redes sociais obedece outro tipo de conteúdo que as empresas estão acostumadas a utilizar no marketing digital. Existe, neste caso, uma estrutura sutil e orgânica própria. A empresa precisa se adequar a essa sutileza. Esse tipo de marketing é “vivo”.

Para que a empresa se adapte, é necessário entender como funciona esse mecanismo. Esse é um caso onde devem ser usadas ferramentas para promoções e divulgação. Porém, cuidado para não transformar seus perfis em murais de promoção, sem interatividade e conteúdo dirigido.

Outro ponto para estar atento é o de desenvolver o relacionamento com o público, criando um ponto de contato com os clientes e possíveis clientes, através de um conteúdo que use da sutileza. O público não se identifica com empresas que empurrem seu conteúdo nas redes. O primeiro passo é, através da interação criar o contato, para que mediante isso possa ser introduzido o conteúdo.

Logo, é essencial investir num bom planejamento de relacionamento para se manter o equilíbrio e não ser invasivo, o que acarretará em rejeição. Os usuários de redes sociais se comunicam através de uma linguagem natural, aberta, honesta e direta. Logo, o marketing na rede social precisa estabelecer relações de confiança, em primeiro lugar. Somente depois dessa interação ser segura, deve-se ser lançado o produto.

 

Leia também: 5 erros que muitas empresas cometem no gerenciamento de redes sociais

 

O tipo de conteúdo para cada rede social

Cada rede social exige uma estratégia de marketing diferente, bem como conteúdos a serem divulgados. E isso não se dá pelo grau de importância, mas porque cada uma apresenta finalidades distintas.

Facebook

O Facebook apresenta grande potencial para páginas empresarias, anúncios pagos segmentados, já que permite o engajamento com a audiência e o contato direto com o público. Esta rede social oferece ainda o tráfego de conteúdo gratuito, os chamados compartilhamentos.

Use artigos escritos, imagens, checklists, vídeos. Use a rede para promover ebooks e outros materiais ricos. Mas lembre-se de que o conteúdo deverá sempre ser atraente, honesto e que agregue valor.

Assim, faça uma página com a sua logomarca, convide amigos, amigos dos amigos, entre em grupos. É um ambiente ideal para promover o seu negócio. Portanto, evite deixar comentários sem respostas, não publique em horários fora de contexto do conteúdo abordado pela sua empresa.

 

LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social focada em profissionais e empresas. Nessa rede a marca é promovida, faz-se negócios e permite que se posicione como autoridade. Neste caso, os conteúdos devem ser do meio empresarial como temas de contratação, produtividade, RH, empreendedorismo. Portanto, busque uma forma de produzir um conteúdo para que tenha excelência e seja bem agregado, como por exemplo ebooks e imagens pertinentes.

O LinkedIn deve ser usado para se conectar com outros profissionais de sua área ou de áreas afins para obter informações acerca do mundo de seus negócios em artigos e notícias, encontrar oportunidades de trabalho e parcerias. Seguem algumas dicas: encontre clientes e conexões que envolvam seu tipo de negócio; gere leads baratos e simples; publique conteúdo de qualidade, pertinente ao ramo do seu negócio; monitore o perfil de seus funcionários; construa relacionamentos e faça contatos.

 

Twitter

O Twitter é a rede social mais rápida. No Twitter as postagens são curtas, dinâmicas, rápidas. Dê uma olhada e ponto. É uma rede social muito difundida nos smartphones por esse motivo. Para utilizar o Twitter como foco do marketing de seu conteúdo, esteja atento para que seu perfil contenha seu nome, foto, foto de capa, background e biografia.

Para ter sucesso é necessário que siga as pessoas, retweet e favorite seus tweets, analisando sempre a audiência, pesquisando os concorrentes para agregar interesse aos seus compartilhamentos. Vale a dica: não esteja focado nas vendas em si, mas sim nos relacionamentos. Encontre pessoas pelas hashtags, participe das conversas sobre a área de atuação da sua empresa, publique fotos, faça testes e perguntas.

 

Instragram

O Instagram é a rede social que mais cresce anualmente. É uma rede social extremamente fácil de utilizar, voltada ao público jovem, em sua maioria. Se esse for seu público, faça o perfil da sua empresa. Siga essas dicas: adicione seu nome, coloque uma foto no perfil, faça uma descrição e inclua um link do seu site.

O sucesso nesta rede social depende de ter objetivos bem definidos. Utilize uma linguagem apropriada ao seu público para que o contato e a interação aconteçam. Mantenha um calendário de postagem com temas diferenciados e, claro, o diálogo vivo. Pode usar e abusar de vídeos: muitos, porém curtos. Siga o seu público e aqueles que estão seguindo o seu perfil.

Use sorteios para agregar visibilidade e conecte sua conta do Instagram com a de outras redes. Use hashtags com textos curtos ou somente palavras. O ideal é interagir constantemente para se manter vivo online, usando fotos de pessoas. Nesta rede social, o engajamento é o objetivo.

Como toda forma de marketing, o marketing nas redes sociais possui prós e contras! Porém, cabe salientar que as redes proporcionam um engajamento maior do público, a interação acontece de uma maneira mais rápida e seus negócios se tornam mais dinâmicos, já que acontecem em tempo real.

Ficou com dúvidas sobre questões relacionadas ao tipo de conteúdo que sua empresa deve produzir? Fale com nossos consultores e descubra como podemos melhorar a sua comunicação por meio de conteúdo relevante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *